QUEM É VINÍCIUS CANHEDO?

Onde você quer chegar?
"Ser o melhor atleta que eu posso ser, e isso quer dizer o topo do esporte."

Porque faz isso?
"O destino me trouxe novamente para o esporte. Deus me mostrou que eu ainda tenho algo para deixar como legado no esporte."

O que te motiva a levantar às 4 da manhã, treinar 4 à 5 vezes no dia e ainda trabalhar?
"Se eu quero é ser o melhor preciso treinar mais que os melhores. Se eu ouvir, ou ler, alguém falando que treina 45 horas por semana, eu vou treinar 46 horas semana. Seja 5 ou 10 treinos no dia, e se for preciso eu não durmo. Apesar de ter criado paixão pelo esporte, pois faço desde os 16 anos, eu tenho uma família e uma vida, e não entrei no esporte pelo dinheiro, então  trabalho como empresário e farei o que for preciso para dar o melhor a minha família."

A quem você agradece por lhe mostrar o caminho?
"Com certeza muitas pessoas entraram na minha vida por causa do Ironman. Algumas entraram e saíram, outras entraram e ficaram e me ensinaram muito e como percorrer o caminho somando com a minha sede por evolução. Fui me tornando o cara dedicado, e como alguns dizem, louco. Mas devo agradecer principalmente a minha esposa por suportar e me incentivar nos piores momentos; com certeza absoluta meus filhos pelo exemplo e legado que estou deixando para eles; meus pais e meu irmão Daniel, que me trouxe para o Triatlon, e por aguentar a barra quando eu não posso aguentar no trabalho. Minhas irmãs e sobrinhos! Sem todas essas pessoas nada seria possível. Quanto a minha performance com certeza muitos atletas PRO no Brasil pela garra de superar seus limites sem qualquer estrutura como Daniel Chaves e os treinadores que passei, principalmente Cid Barbosa e Frank Jackobsen."

O que você acha necessário para ser bem-sucedido no esporte de endurance?
"Loucura, disciplina, paciência e um pouco de irresponsabilidade por ser muito perigoso."

Porque se tornou vegetariano e como suporta tantas horas de treino sem ingestão de carne animal?
"Me tornei vegetariano pelos meus filhos, que são desde que nasceram. Se eles não podem eu também não posso. No início foi difícil, havia um bloqueio mental dizendo que a carne animal era necessária. Eu meditei sobre isso e ultrapassei essa barreira. 90 dias após zero carne animal eu comecei a me sentir como nunca me senti antes, com relação à recuperação, força e saúde. Hoje se me oferecerem patrocínio para comer carne animal eu não aceito."

Um resumo do Vinícius Canhedo atleta:
"Passei muitos anos em diversos esportes, e na vida hoje com 34 anos eu vejo que eu nasci para me superar! Nasci para dar o melhor de mim, para sentir dor, para ir além do limite e quebrar barreiras e farei o que for preciso para provar isso para mim e para quem me acompanhar."